Sobre a Revista

A Revista de Educação, Pesquisa e Informação em Saúde (REPIS), por meio de fluxo contínuo, divulgará trabalhos científicos originais que estejam conforme a proposta da Revista cooperando para o avanço da produção científica no campo da saúde pública no Estado do Rio de Janeiro. 

Serão avaliados artigos originais em português das diferentes áreas da saúde, como: educação, políticas públicas, planejamento e gestão de sistemas e serviços, atenção primária, avaliação, inovação e tecnologias, epidemiologia, vigilância, segurança do paciente, diversidade sexual, ambiente e trabalho em saúde, entre outros.   

 

Política editorial

O conselho editorial decidirá sobre a relevância de cada estudo submetido, cabendo a este definir se atende ao escopo e normas da revista, assim como sobre a pertinência. Os artigos elegíveis serão encaminhados para avaliação do mérito do seu conteúdo. A revista conta com o processo de revisão por pares adotando-se o sistema duplo-cego, ou seja, todos os artigos submetidos são avaliados por dois consultores ad hoc de forma anônima e independente e cujas competências estejam relacionadas à área abordada pelo manuscrito, a fim de garantir a qualidade e relevância das publicações da revista, caso haja necessidade, o Editor poderá designar um terceiro revisor.

 

Todos os artigos publicados na REPIS possuem acesso aberto, em conformidade com Open Science Policy Platform - European Commission e o manifesto Open Science – From Vision to Action. Assim, a revista adota o acesso aberto completo para todas as publicações científicas e uma nova abordagem orientada para a reutilização ótima dos dados de pesquisa a fim de garantir a democratização do conhecimento, com base na iniciativa GO FAIR.